Quando posso fazer um segundo transplante capilar?

  • 22 Jun 2022
  • 327 Visualizações
  • Min. Ler

Um segundo transplante de cabelo é um procedimento adicional realizado pelo menos seis meses após o primeiro. O objetivo deste segundo transplante é obter o melhor resultado final possível. Normalmente, uma sessão é suficiente para muitos pacientes obterem bons resultados. No entanto, às vezes é necessário um transplante capilar adicional para cobrir todas as áreas marcadas, aumentar a densidade do cabelo ou, em alguns casos, corrigir problemas causados por um transplante capilar incorreto e obter uma aparência mais natural e homogênea.

Embora uma segunda cirurgia capilar seja um procedimento simples, a clínica Dr. Serkan Aygin o ajudará a entender quando é o momento apropriado e por que pode ser melhor dividir o transplante capilar em duas operações diferentes.

Razões para se fazer um segundo transplante capilar

Alguns pacientes temem que uma segunda operação possa danificar ou afetar os folículos implantados na primeira sessão. Os novos folículos não cairão, pois o resultado do transplante capilar é permanente. No entanto, o primeiro transplante capilar é realizado para obter o melhor resultado possível, utilizando um número seguro de folículos de sua área doadora, e às vezes esse número não é suficiente para o resultado desejado.

Conforme dissemos acima, um único transplante capilar pode não ser suficiente para obter uma densidade ou resultados satisfatórios e, para isso, os pacientes podem considerar uma segunda cirurgia capilar.

Vamos entender o principal motivo para se submeter a uma segunda cirurgia capilar

Perda contínua dos folículos capilares naturais

A queda de cabelo causada pela alopecia androgenética pode exigir um segundo transplante.

Infelizmente, a calvície de padrão masculino e feminino podem ser a principal causa para que os pacientes façam uma segunda cirurgia capilar.

No entanto, antes de planejar o seu procedimento, seria melhor fazer uma consulta médica para avaliar se a alopecia estagnou ou está em progresso. O médico deve escolher o melhor momento para operar, para evitar a necessidade de futuros transplantes capilares.

Após o exame médico, você estará pronto para planejar um segundo transplante de cabelo com seu médico e melhorar a aparência do seu cabelo.

Área calva extensa

Para pacientes com uma área calva muito extensa, apenas uma operação não é suficiente.

A área do couro cabeludo com extensa calvície requer um número muito alto de folículos. A extração de vários enxertos dentro de uma sessão pode prolongar a operação do transplante capilar e colocar em risco a sobrevivência dos folículos que podem viver por um tempo limitado fora do corpo. Os folículos morreriam e todo o transplante pode ser comprometido.

É por isso que, na Clínica Dr. Serkan Aygin, recomendamos aos nossos pacientes com grandes áreas calvas, que dividam a cirurgia capilar em duas sessões, para obter melhores resultados e para extrair os folículos com segurança, sem danificar a área doadora.

Evitando a extração excessiva

Tirar muitos folículos em uma sessão pode comprometer a sua área doadora.

Por excesso de extração entendemos uma extração maciça de unidades foliculares em apenas uma operação, causando danos permanentes à área doadora e uma aparência irregular. Normalmente, os médicos preferem não extrair mais de 4000-4500 em procedimentos de transplante capilar FUE, não comprometer a área doadora e deixar um número seguro de enxertos para segunda cirurgia capilar. Após o primeiro transplante capilar, o médico pode examinar a cicatrização da área doadora para avaliar quantos enxertos serão necessários para uma segunda cirurgia.

Com a técnica adequada e um médico especializado, a colheita excessiva pode ser facilmente evitada e bons resultados podem ser obtidos.

Aumentando a densidade

Obtendo um resultado mais natural aumentando a densidade do cabelo em transplantes capilares.

Após o primeiro transplante capilar, muitos pacientes podem desejar aumentar a densidade de sua área transplantada ou cobrir a coroa caso não tenha sido coberta na primeira sessão. Além disso, como mencionado anteriormente, os pacientes podem ter naturalmente perdido mais cabelos devido a causas genéticas e, por esse motivo, podem precisar de um segundo transplante capilar para ganhar maior densidade e espessura.

Resultados ruins

Orientações pós-operatórias inadequadas e manuseio incorreto do folículo podem levar a resultados insatisfatórios.

Um segundo procedimento capilar é a melhor opção para corrigir maus resultados causados por médicos inexperientes caso o paciente tenha passado por um transplante capilar malsucedido e deseje fazer um procedimento corretivo.

Antes de fazer outra cirurgia capilar, é necessário escolher a clínica mais experiente que possa entender as suas necessidades e auxiliá-lo em todas as etapas do pós-operatório. A maneira como você cuida do cabelo recém-implantado é extremamente importante.

Na clínica do Dr. Serkan Aygin, damos aos nossos pacientes orientações para seguirem após a cirurgia capilar, explicando em detalhes o que se deve e o que não se deve fazer após um transplante capilar.

Quantos enxertos podem ser implantados em um segundo transplante capilar?

Não existe um número exato de folículos a serem implantados em um segundo transplante capilar, a quantidade muda para cada paciente. Em cada caso, a área doadora possui um número limitado de enxertos que podem ser usados.

Por exemplo, vamos supor que 4.000 folículos foram colhidos na primeira sessão e sua área doadora é muito boa, neste caso, você pode conseguir em um segundo transplante até 3.000folículos. No entanto, isso dependerá dos resultados do primeiro transplante capilar, do tamanho do couro cabeludo e da condição da área doadora.

Portanto, é necessário consultar o seu cirurgião para saber quantos folículos são necessários para a segunda cirurgia capilar sem comprometer sua área doadora.

O que se deve saber antes de fazer um segundo transplante capilar

Depois de ver o resultado de seu primeiro transplante, você pode sentir a necessidade de uma segunda operação de transplante capilar. Antes de pensar em fazer outro transplante capilar, peça sugestões ao seu médico para decidir quando fazer uma segunda operação e se você está apto para um segundo tratamento capilar (isso dependerá da flacidez do couro cabeludo e da qualidade da área doadora).

Quanto tempo devo esperar por um segundo transplante capilar?

Os pacientes podem se perguntar por que não é possível fazer um segundo transplante capilar imediatamente após o primeiro.

Na clínica do Dr. Serkan Aygin, geralmente aconselhamos nossos pacientes a esperar pelo menos 6 meses antes de planejar um segundo procedimento. O motivo para esperar tanto tempo é porque o médico, com base no resultado e na cicatrização adequada da sua área doadora, avaliará a necessidade de um segundo transplante capilar e a quantidade certa de folículos.

É verdade que após um segundo transplante capilar o cabelo cresce mais lentamente?

Algumas pessoas temem que o crescimento do cabelo possa ser mais lento após um segundo transplante capilar. Na maioria das vezes, o processo de recuperação das duas operações é o mesmo. No entanto, se você fez sua segunda operação para aumentar a densidade da área da coroa, neste caso, o crescimento do cabelo será mais lento. A velocidade de crescimento varia dependendo da área implantada (o cabelo na frente cresce mais rápido do que na área da coroa devido diferente circulação sanguínea).

Embora a restauração capilar não seja um processo complicado, sugerimos que você tome uma decisão consciente e escolha com atenção a clínica certa. Se você ainda está insatisfeito com o resultado de seu primeiro transplante e está considerando um segundo transplante capilar na Turquia, não hesite em entrar em contato com nossa equipe.